terça-feira, 13 de setembro de 2016

Nova tecnologia cria telas inquebráveis para smartphones

Nós todos sabemos o quão agonizante é a sensação de deixar o celular escapar entre os dedos e ser aparado pela quina de algum objeto ou simplesmente espatifar no chão. Trágico!

Smartphone com tela quebrada
Smartphone com a tela quebrada Ver imagem »


Infelizmente, algumas escapadelas das mãos e quedas de smartphones, tablets, eBook readers, ou qualquer outro tipo de aparelho eletrônico é muito comum para os usuários, o que pode causar a inutilização parcial ou total da tela do dispositivo, ou então a frustração de ter que manusear o aparelho com a tela trincada.

Mesmo utilizando capas de silicone para proteger o smartphone de impactos, e a aplicação de películas protetoras na tela do aparelho, você não está livre de ver o display do seu celular virar um quebra-cabeças após uma queda ou simplesmente um aperto mais forte enquanto está no seu bolso, mesmo o dispositivo tendo a proteção garantida pela tecnologia Gorilla Glass.

A boa notícia em volta desse assunto, é que cientistas britânicos desenvolveram uma tela sensível ao toque totalmente resistente a impactos do dia-a-dia, que eles preferiram definir como inquebrável. E esse feito foi realizado utilizando um material 80% mais barato que o aplicado na produção dos displays atuais.

Atualmente, os condutores elétricos utilizados nas telas sensíveis ao toque são produzidos a partir do óxido de índio-estanho, ITO, um metal raro e caro. No entanto, as fontes de índio estão se esgotando, o que levou os cientistas a procurarem um outro material para substituir o atual.

Físicos da universidade de Sussex conseguiram criar eletrodos híbridos de nano fios de prata e grafeno. Para se ter uma ideia, os nano fios de prata tem uma espessura menor que a de um fio de cabelo humano, e o grafeno é o material mais fino da terra.

A junção destes dois componentes forma um material transparente, flexível e altamente resistente a rachaduras e quebras, e muito melhor para conduzir eletricidade. Isso, sem falar no preço, já que 1m² de nano-fios de prata e grafeno custa cerca de £ 8,00 e o de ITU £ 40,00.

Alan Dalton, um professor de física experimental em Sussex, disse: "Os cientistas há muito tempo vêm tentando desenvolver um telefone ou tablet que tem uma tela que não vai quebrar ou rachar com o impacto, e este novo desenvolvimento poderia transformar o estudo em realidade."

De acordo com os pesquisadores envolvidos no projeto, a aplicação desse novo material na produção de telas para aparelhos eletrônicos poderia ajudar a diminuir o custo de manufatura dos dispositivos, o que ocasionaria preços mais baratos para os consumidores.

A expectativa é que as telas inquebráveis sensíveis ao toque produzidas com a nova tecnologia a base de nano-fios de prata e grafeno estejam disponíveis para utilização em smartphones já em 2018.

Via Daily Mail.


Imprimir ou salvar este artigo como PDF



Shopping



Um comentário :
  1. Olá internauta!

    Antes que eu me esqueça, se você tiver alguma dúvida, sugestão ou informação que complemente este conteúdo, por favor, compartilhe conosco através de um comentário.

    Um abraço!

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blog DiGa Tech. Ao se manifestar através desta plataforma, você alega estar em conformidade com a nossa política de comentários. Caso fique em dúvida, leia as perguntas frequentes e saiba o que consideramos inapropriado ou ilegal. Viu algum comentário que viola os nossos termos gerais de uso? Então denuncie!