sexta-feira, 24 de junho de 2016

Bully é relançado no Brasil pela Rockstar Games

Oito anos após venda do jogo ter sido proibida no Brasil, pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul, Rockstar Games relança Bully no país em versões para PC e PS4.

Rockstar Games Bully
Bully Ver imagem »


Nunca ouviu falar do game Bully? Então vamos lá! Para que você se familiarize um pouco com esse jogo, saiba que ele é desenvolvido pela Rockstar, mesma desenvolvedora da serie GTA, que é visto por muitos como um jogo não recomendado para menores, já que alguns críticos sugerem que o game faz apologia à violência, roubo de carros, agressão a mulheres, prostituição, tráfico de drogas, entre outras coisas envolvendo a bandidagem.

E o que tudo isso tem a ver com o Bully? Simples, esse é mais um jogo de ação e aventura desenvolvido pela Rockstar, que gera polêmica pelo seu conteúdo. Na história do game, James Hopkins é um garoto problemático que sempre apronta confusão nas escolas onde estuda, e por isso já foi expulso diversas vezes. Jimmy, como é conhecido, até tenta passar despercebido, mas não é sempre que isso acontece.




Bully: Scholarship Edition - Trailer
Machinima

Na sua última escola, Bullworth Academy, Jimmy se vê rodeado de intrigas e fofocas, valentões que tentam resolver tudo no braço, patricinhas e líderes de torcida que acham que são donas do colégio, professores, monitores e diretores arrogantes, inescrupulosos e corruptos e aquela galera nerd que sempre tenta evitar uma desvantagem.

Bully é um game controverso, já que ele permite ao jogador sair cobrindo todo mundo de pancada e se tornar um verdadeiro bad boy dono da situação. O enredo do jogo também conta com um professor tarado, viciado em pornografia, acusado de assediar as alunas e até mesmo tentar estuprar uma delas.

A sexualidade de Jimmy também é explorada no game, já que a recompensa pelo cumprimento de algumas missões é receber beijos e carícias de algumas garotas, e em alguns momentos do jogo, o personagem principal também se envolve com garotos, o que sugere a sua bissexualidade, fato que somado aos outros atos do enredo fez com que pais e educadores criticassem a Rockstar pelo conteúdo do game e o colocasse como não apropriado para menores de idade.

Em meio tantas polêmicas, aqui no Brasil, a comercialização tanto em lojas quanto em sites e as propagandas do jogo foram proibidas em 2008. Em decisão tomada pelo juiz Flávio Mendes Rebelo, do Rio Grande do Sul, o jogo foi proibido por retratar "fundamentalmente, situações ditadas pela violência, provocação, corrupção, humilhação e professores inescrupulosos, nocivo à formação de crianças e adolescentes e ao público em geral". Foi estabelecida uma multa de R$ 100 mil para quem descumprisse a decisão.

O tempo passou e oito anos após ter sido proibida a comercialização do game, a Rockstar conseguiu uma liberação para a venda online do jogo em versões para PC e PS4. Dessa forma, desde o dia 23 de junho, os jogadores aqui no Brasil têm a possibilidade de comprar o Bully em versão para download.

O game Bully foi relançado mundialmente pela Rockstar em 22 de março de 2016. Na versão para PS4 o jogo recebeu o selo PS2 Classics, que define o relançamento de um clássico do PlayStation 2 sem alterações. Já na versão para PC, disponível à venda na Steam, o jogo chega na edição “Bully: Scholarship Edition”, uma remasterização em alta definição originalmente lançada para Xbox 360 e Wii.

Então, entre as dicas de games aqui do blog DiGa Tech, o relançamento do Bully pela Rockstar Games pode ser uma boa pedida para passar o tempo, e quem sabe, descontar virtualmente tudo aquilo que você não pode fazer na vida real.

E você, o que acha dessa polêmica desde a proibição ao relançamento do Bully aqui no Brasil?

Um abraço!


Imprimir ou salvar este artigo como PDF



Shopping



3 comentários :
  1. Olá internauta!

    Antes que eu me esqueça, se você tiver alguma dúvida, sugestão ou informação que complemente este conteúdo, por favor, compartilhe conosco através de um comentário.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Oloco meu nem sabia q era baseado em alguem de verdade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mauro,

      Na verdade esse jogo é baseado na zueira e no Bullying sofrido pelos alunos nas escolas.

      Obrigado pelo comentário!

      Excluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blog DiGa Tech. Ao se manifestar através desta plataforma, você alega estar em conformidade com a nossa política de comentários. Caso fique em dúvida, leia as perguntas frequentes e saiba o que consideramos inapropriado ou ilegal. Viu algum comentário que viola os nossos termos gerais de uso? Então denuncie!